quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

O Top 5 dance club songs do chart da Billboard




Esta semana um clássico volta a ser o #1 das paradas de dance. A grande diva da soul music Diana Ross e o smash hit "Ain't No Mountain High Enough" ocupa o posto mais alto nesta semana. Um dos produtores do pack do single é o brasileiro de Goiania DJ Leanh  o remix dele foi produzido em parceira com o DJ Joe Gauthreaux. Conversei com o Leanh sobre esta parceria e voce fica sabendo aqui com exclusividade.

Dj Leanh


"Joe Gauthreaux e eu não acreditamos quando fomos convidados por Brad LeBeau para fazer um remix para este grande clássico. Um sonho que se torna realidade. Colocamos todo nosso amor e respeito.pela historia de Diana Ross neste trabalho. Não há palavras que consigam descrever a emoção deste momento. Sou muito feliz por trabalhar com um parceiro tão incrível quanto o Joe. Esta parceria já rendeu um outro #1 na Billboard com o remix de Your Song da Rita Ora" 


Confiram agora o Top 5 da semana.


1 - Ain't No Mountain High Enough - Diana Ross



Remixes por: Joe Gauthreaux & DJ Leanh, Eric Kupper, ANMHE, 


2 -  Stars - Kristine W 



Remixes por: Freejak, Alex Acosta, Giuseppe D & Loop Soop, Hans Mallon/Keepa 


3 - Too Mutc To Ask - Niall Horan 



Remixes por: Cedric Gervais, TRU Concept, 


4 - Coping - Toni Braxton 



Remixes por: Tom Swoon, Eden Prince, Disco Killerz, Paris & Simo  


5 - Meet In The Middle - Stonebridge featuring Haley Joelle 



Remixes por: Slim Tim, Damian Hall, Louis Lennon, Stonebridge 








  

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

O Drink do Verão





Conheça o Jungle Gin, o nacional premiado pela Spirits Selection na Europa.  


Nascido e criado nas montanhas de Minas Gerais. Jungle Gin combina botânicos altamente selecionados às águas cristalinas de nascentes intocadas, nos tradicionais alambiques de cobre da região.
Estes botânicos são: cardamomo, zimbro, kummel, anis-estrelado, canela, pimenta rosa e manjericão. Essa mistura oferece uma experiencia unica de aromas.

Produzido em pequenos lotes, cada garrafa é engarrafada e numerada pelas mãos de seus criadores, carregando em si uma sabor tão único quanto a natureza que inspira o seu nome.


Não é de hoje que o Gin Tonica tem conquistado os brasileiros. Aqui uma das receitas para refrescar ainda mais o seu verão.


Jungle Berry

50ml de Jungle

2-3 mirtilos

1 fatia de laranja Bahia

200 ml de Tônica

Gelo



Fonte: junglegin.com.br 

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

O Top 5 dance club songs da Billboard desta semana.





A cantora afro americana nascida no Brooklin Barbara Tucker tem um reconhecimento maior na Europa do que no proprio EUA. è co-fundadora do historico night club de NY "The Underground Network" e já foi backing vocal de artistas como Moby, Pet Shop Boys, Cerrone entre outros. e tambem junto com Erick Morillo criou o projeto "B-Crew". Agora ela esta de volta ao topo das paradas do dance club songs da Billboard "Think (About It)" é o setimo #1 da cantora desta parada.


1 - Think (About It)



Remixes por:  DJ Speen & Thommy Davis & Gary Hudgins, Speen & Thommy, Mike Dunn


2 - Ain't No Mountain High Enough 2017 - Diana Ross



Remixes por: Eric Kupper, Stonebridge, Chris Cox, Country Club Martini Crew


3 - Stars - Kristine W



Remixes por: Hans Mailon & Kespa, Alex Acosta, Freejak


4 - Too Much To Ask - Niall Horan



Remixes por: Cedric Gervais, Dannic, Chris Cox, Twodb


5 - Coping - Toni Braxton



Remixes por: Stadiumx, Eden Prince, Dave Mathias, Tom Swoon





 

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

O Top 5 Dance Club Songs da Billboard nesta semana





O ano começa e com ele o top dance club songs da Billboard atualizado para quem acompanha meu blog .... O #1 ficou com Tom Budin & Luciana e a estreia da Kristine W no Top 5. Vejam como ficou a parada na primeira semana do ano.


1 - X With U - Tom Budin & Luciana 



Remixes por: Supermini & Frankir Romano


2 - Think (About It) - Barbara Tucker



Remixes por: DJ Spen & Thommy Davies & Gary Hudgins, Mike Dunn, Spen & Thommy


3 - Ain't No Mountain High Enough - Diana Ross



Remixes por: Erik Kupper, Stonebridge, Chris Cox, Oscar Velasquez & Brett Henrichsen


4 - Stars - Kristine W 



Remixes por: Freejak, Alex Acosta, Hans Mallon and Kespa


5 - Love Line - LeAnn Rimes



Remixes por: Dave Aude, Alex Acosta, Dirty Werk, Dirty Freqs

sábado, 30 de dezembro de 2017

Os 10 melhores filmes internacionais deste ano (Na Minha Opinião)





E chega por fim a minha lista de melhores do ano. Você pode não concordar com ela. Eu assisti ao todo 59 filmes poderia e deveria ter assistido mais. Vou tentar bater meu recorde em 2018. Prometo. Com vocês o Top 10 os filmes que valeram a pena e olha que alguns ficaram de fora como A Bela e a Fera, Moonlight, Lion e Estrelas Além do Tempo que levam aqui minha menção honrosa.



1 - O Rei do Show 

Um musical de primeira grandeza. Hugh Jackman, Michelle Willians, Zendaya, Keala Settle que surpresa boa. Um filme que eleva o seu astral como todos os filmes deveriam ser. Magnifico do inicio ao fim fica aqui minha torcida para quem concorre a vários Oscars principalmente com canção original This Is Me e aí teremos a oportunidade de ver a apresentação de Kesha a interprete da musica já que no filme quem canta é a Keala (imaginem as duas juntas então)? 




2 - Me Chame Pelo Seu Nome 

Um dos filmes mais delicados do ano. Armie Hammer perfeito, a estreia triunfal de Thimothée Chalamet, direção de Luca Guadagnino roteiro de James Ivory e Michael Stuhlbarg o pai do personagem de Thimothée que tem uma das cenas sensacionais mais incríveis honestas delicada e humana do cinema este ano.




3 - Dunkirk

Este filme é incrível do começo ao fim. Roteiro, direção do Christopher Nolan, fotografia, tudo é perfeito e a estreia de Harry Styles nos cinemas. 




4 - Doentes de Amor

Impossivel ficar indiferente a este filme. Quem não viu perdeu uma doçura na tela. Ah e tem Holly Hunter é quase obrigatório ver o filme.




5 - Uma Família de Dois

A versão francesa do mexicano "Não Aceitamos Devoluções" (que em breve terá a versão brasileira com o Leandro Hassum) é daqueles filmes que se você não chorar pode ir procurar o hospital do coração pois ele é peludo ou de pedra. Omar Sy é ótimo e a Clémence Poésy é de uma fofura sem fim. 




6 - A Guerra dos Sexos

Este é aquele filme que você vai pro cinema e pensa: "onde as pessoas que levantam tantas bandeiras estão que não estão auqi lotando a sala do cinema e todas as suas sessões". Baita historia. Emma Stone perfeita com Billie Jean King a tenista numero 1 do mundo que lutou pelos direitos das mulheres e pelo direito das homossexuais em plena década de 70. Lembram que eu falei mal da Emma Stone em La La land? aqui sim ela poderia e deveria levar o Oscar ela esta ótima. Steve Carrel meu Deus que ator. Se voce não viu corre atras porque vai concorrer ao Oscar com certeza. Ah e tem musica inédita da Sara Bairelles "If I Dare" linda por sinal.




07 - Mãe

O novo filme do Darren Aronofsky foi talvez o filme mais controverso do ano. Teve gente que odiou teve gente que amou no meu caso eu li todos os spoilers possíveis porque se eu fosse de cara limpa com certeza eu não teria entendido nada.  




8 - Mulher Maravilha

O unico filme de herói que valeu a pena este ano. Perfeito. Gal Gadot maravilhosa. Robin Wright maravilhosa. Diversão pura! 




9 - It - A Coisa

Remake sempre deixa a desejar. Neste caso como eu não lembro de nada do primeiro vou dizer que fiquei enlouquecido com esta versão. Sustos ótimos. Referencia aos anos 80 até homenagem a Molly Ringwald teve. Certeza que será um filme que verei de novo no On Demand. 




10 - A Morte Te Dá Parabéns

Como é bom poder ir ao cinema e sair de lá sabendo que uma historia que já foi contada de um jeito bem sem graça (O Feitiço do Tempo sempre foi um dos piores filmes da minha vida) se torna um dos grandes filmes de suspenso adolescentes do ano. Esse filme merece os parabéns.















Os 10 Melhores Filmes Nacionais (Na minha opinião)



Aqui vai a minha lista dos melhores filmes nacionais que vi em 2017 (eu acredito que outros poderiam estar na lista mas se eu não vi eu não posso indicar, correto?). Vamos la! 


1 - Como Nossos Pais 

Tudo deu certo nesse filme. Direção, atores, roteiro e como eu sempre disse Maria Ribeiro é excelente atriz. 





2 - Entre Irmãs

Vou dizer que é quase um empate com o #1. Direção perfeita, elenco absurdamente maravilhoso e como eu sempre digo Nanda Costa e Leticia Collin são ótimas atrizes. 




3 - A Gloria e a Graça

Uma historia forte e necessária num ano tão estranho no Brasil e a Carolina Ferraz me deixou em duvida de verdade (brincadeira). 




4 - Bingo - O Rei das Manhãs

O filme que foi pre candidato do Brasil ao Oscar mas não foi escolhido entre os 9. Reconstrução de época perfeita, trilha sonora incrível e Vladimir Brichta em sua consagração. 




5 - Divinas Divas

O 5º lugar fica para o doc mais sensacional de 2017 ( seria ele então o doc #1) dirigido com sensibilidade pela Leandra Leal a trajetória e historia dessas DIVAS presta uma homenagem as atrizes e estrelas que venceram o preconceito num país estranho como o nosso. E fica como uma grande homenagem a Rogéria (que nos deixou este ano) "a travesti da família brasileira" como ela se auto denominava. 



6 - O Rastro

Filme de terror nacional é possível sim e este mostra do inicio ao fim como prender o publico com uma ótima historia. Se fosse gringo estaria concorrendo a vários prêmios do cinema independente.  




6 - Redemoinho

Dirigido com maestria por Jose Luiz Villamarim tem no elenco sua maior força (a força da natureza). Irandhir Santos, Julio Andrade, Cassia Kis, Dira Paes.




7 - Chocante 

A historia da boy band que se separou e volta é leve e divertida não é uma comédia escrachada da até para levar ela mais a serio no elenco tem Pedro Neschling, Bruno Mazzeo, Bruno Garcia, Majella um Tony Ramos divertidíssimo e a minha lindinha Klara Castanho. Ah e tem uma musica que não sai da cabeça "choque choque choque de amorrrrr"



9 - Fala Sério, Mãe

Filme para agradar todo mundo. Quem é mãe vai se identificar. Quem é filha vai se identificar. E pra mim Ingrid Guimarães é um fenômeno no humor.  




10 - Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola  

Danilo Gentili deu a cara a tapa e fez um dos filmes mais divertidos do ano ... Deve fechar no tpo 5 de bilheteria nacional. Só tem uma piada que eu odeio e o papel do Fabio Porchat é dos mais divertidos (sim ele é um pedófilo) do ano. Moacir Franco é um ator que merece todos os aplausos. Joana Fomm sempre perfeita. Impossível este filme ficar de fora da minha lista.  


quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Os 5 piores filmes do ano (na minha opinião)





Não sou muito chegado a fazer listas mas este ano como bati uma marca raziavel de filmes no cinema (59) a cho que dá para brincar. Quero deixar claro que é minha opinião tem filmes nessa lista que ganharam importantes premios ou estão concorrendo a tantos outros mas como eu disse é minha opinião e não a sua ... Vamos lá:


O pior filme do ano foi A NOIVA - até agora eu não entendi porque fizeram o filme é russo, trouxeram uma copia dublada em ingles disseram que era baseado em fatos reais e eu to até agora tentando descobrir porque eu entrei no cinema para ver.

1 - A Noiva 




O segundo pior filme foi O Chamado 3 coitada da Samara não merecia essa sequencia.


2 - O Chamado 3 




Agora vai começar a chiadeira. Estes filmes tem fãs por sorte meu blog é pouco lido e acessado.
Vou começar por La La Land ele só não é 100% ruim por que tem o Ryan Gosling, tem a cena em que homenageia Juventude Transviada e o final meu DEUS obrigado por não ser tão obvio. Um musical chatérrimo até a adorável Emma Stone esta um porre. White People Problems cantado, 

3 - La La Land





O quarto pior filme é Blade Runner 2049 - ficou em quarto porque tem uma cena linda (não vou dar spoiler) acho que nunca vi o primeiro fui ver o segundo e consegui colocar o sono em dia foi ótimo. 

4 - Blade Runner 2049




E agora o filme mais hypado deste ano e por favor voces poderiam ser honestos consigo mesmos e dizer que este filme é uma grande bobagem. Corra foi vendido com filme de terror do ano não assusta nem uma criancinha, um dos filmes mais patéticos do ano. Quem fez o filme queria fazer uma metafora com o racismo e ficou feio eu não tive a menor compaixão de absolutamente nenhum personagem nem o final alternativo que o protagonista morre o que eu achei ótimo porque não mandei ser pateta conseguiu me fazer mudar de ideia MAS como eu não sou nada o filme esta concorrendo a vários prêmios do cinema independente. Don't Believe The Hype! 

5 - Corra!






Foto: Rede Globo